sexta-feira, junho 29, 2012

Concursos de Beleza Infantil



Eu imagino que todas as mães com o mínimo de bom senso, olhem pra foto acima e sintam-se afrontadas pelo que veêm. Uma menina com no máximo 8 anos, maquiada, com dentes postiços, artificialmente bronzeada e desfilando de roupa de banho pra um rol de juízes que vão decidir se ela é bonita ou não, não me parece um cenário confortável pra criança nenhuma.
Fico assistindo esses programas sobre concurso de beleza pra crianças e não canso de me chocar com o absurdo da exposição dessas crianças. Muitas delas até gostam, chegam a pedir pra serem maquiadas e arrumadas porque "precisam" ganhar o concurso, outras, levadas pela natureza infantil, choram pelo direito a uma brincadeira normal que não envolva os cuidados com a "beleza".
Fico me perguntando que tipo de beleza essas mães pretendem que suas filhas admirem. Essa beleza superficial, montada, feita, onde tudo o que importa é o que se pode ver. E o que dizer de uma infância toda  escondida entre pó compacto e cílios postiços?
Então percebo o quanto faço bem a minha menina evitando o máximo que posso, que ela desperte pra uma vaidade nada natural, antes do tempo em que isso deve acontecer. E aí eu estou certa de que vou ouvir de outras pessoas comentários do tipo: 

"Ah! Entre passar um batonzinho,  pintar a unha de rosinha claro e se montar toda como essa garota da foto, tem uma diferença muito grande!"
"São meninas! Meninas são vaidosas mesmo, é coisa natural, não dá pra impedir!"

Tenho que concordar que entre um batonzinho e a garota da foto a uma distância considerável, mas até quando? Será que a vaidade desenfreada, fora do tempo, não começa com esses pequenos cuidados das meninas em estarem sempre prontas e bem arrumadas? Eu não sei, não quero saber, nem vou pagar pra ver.
O que eu sei é que não deixo minha filha se maquiar, não deixo que ela pinte as unhas nem de brincadeira, e até evito ao máximo usar maquiagem na frente dela (nas raras vezes em que eu uso). Como consequência disso ela vive como uma criança normal e feliz, a quem nenhuma dessas coisas faz a menor falta.
Eu sei que ela é menina, mas ainda é uma menina criança que vai fazer coisas de criança, e não de adultos. E eu vou educá-la nesse sentido, pra que viva sua infância tranquila sem se preocupar em ter que estar sempre pronta e bem arrumada. Vou atrasar essa vaidade precoce até onde eu achar saudável, porque ela é SÓ uma menina e eu sou a mãe que está aqui justamente pra direcioná-la na vida. Não tem dessa de "eu não tenho como evitar". Eu tenho sim.
Por duas vezes eu estava pintando as unhas na frente dela e ela pediu que eu pintasse as dela, e eu disse que não, que ela era criança e que aquilo que eu estava fazendo era coisa de adulto, que quando ela crescesse mais um pouquinho ia poder pintar as unhas, mas ainda não podia. Depois disso ela me vê pintando as unhas e já não pede mais que eu pinte as dela. Fica brincado com os esmaltes, pede papel pra fazer desenhos com eles e acha um máximo as cores vibrantes que aparecem ainda mais vivas no papel.
Não gritei, não proibi, não castiguei, não fiz parecer que é uma coisa errada, eu só ensinei.
Ensinei que tudo tem seu tempo certo, e que na hora certa ela vai poder pintar quantas vezes quiser, mas essa hora ainda não chegou. Quando chegar o tempo, eu estarei de novo ao lado dela incentivando pra que ela viva tudo o que for saudável e condizente com a idade dela. Comprando maquiagem, esmaltes, roupas bonitas, jóias e tudo o mais que ela quiser, do mesmo jeito que hoje compro os brinquedos dela.
Tudo a seu tempo.
Simples assim.
Ela não tem curiosidade nenhuma, nem nenhum desejo reprimido que vai vir a tona com repentes de rebeldia injustificáveis, nada disso. Ela simplesmente recebeu uma mensagem, entendeu e aceitou.

Ela não tem porque crescer rápido demais, a vida já corre tão rápido que não precisa que nós a apressemos.
Ela não tem porque desejar ser fisicamente perfeita,
Ela só precisa ser o que é, em todas as fases da vida.

Fico pensando no prejuízo psicológico que essas crianças "expostas" nessas competições, sofrem. E aqui da platéia onde assisto a todo esse circo dos horrores, eu fico pedindo a Deus que essas mães tomem consciência do mal que estão fazendo as suas crianças, pra que haja tempo de poupá-las de tantas consequências ruim que viram posteriormente.



.

17 comentários:

  1. Eu cresci participando de concursos de beleza. E não sou nenhuma anormal, e é muito feio vc julgar as mães que colocam suas filhas e filhos em concursos. Nenhuma criança deixa sua infância de lado por que participa de concursos, coloca fixador no cabelo e cílios postiços, eu brincava na calçada com as crianças da vizinhança, de pega-pega, esconde-esconde, escolinha, amarelinha, jogos infantis, frequentava a escola normalmente.

    Chorei algumas vezes por não ser escolhida? Sim, chorei e serviu para me ensinar que na vida nem sempre ganhamos,e me ensinou a ser forte e dedicada a tudo que me proponha a fazer na vida.

    Com relação a maquiagem e esmaltes, minha mãe e minhas avós também não permitiam que eu utilizasse em casa, mas para os concursos SIM, se o concurso não fosse de beleza natural. Não deixei de ser humana, de enxergar a beleza interior das pessoas, não me tornei uma compulsiva por roupas nem acessórios femininos.

    Penso até, que você deva ter sofrido na infância ou adolescência com este tipo de questão para sair julgando assim os concursos, mães e crianças que participam, chamando os mesmo de "Show de Horrores".

    Não tenho filha, somente um filho. Mas minhas afilhadas participam de concursos desde 1 ano, algumas vezes ganham outras perdem, são lindas, fofas e não deixam de ser crianças adoráveis que desenham, dançam, brincam e enchem nossas vidas de luz e amor! Meu filho participa de concursos na escola, na cidade e região quando surge a oportunidade para meninos. Já possui e faixas, tem 9 anos, e é um menino normal. Apaixonado por música e brincadeiras de meninos. E todas as pessoas que o conhecem se encantam com ele, por sua educação e carisma.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpa , mas acho que você não compreendeu bem a mensagem do texto:
      1. Este é um blog pessoal, logo, ele trata dos temas sob o meu olhar e são carregados da minha opinião! Você tem a sua, e eu a minha. Simples assim.
      2. Eu nunca sofri na infância com esse tipo de questão, pelo contrário. Minha mãe assim como a sua, me fazia participar de concursos e me colocava toda pintadinha na frente de juízes. Aliás, eu sempre era a única menina maquiada nos concursos. Mas não é porque minha mãe fez comigo que sou obrigada a concordar ou apoiar a atitude.
      3. O prejuízo pra criança não é se tornar "anormal". Aliás se essa fosse a única ameaça não teria nenhum problema, porque de longe ninguém é normal mesmo. O prejuízo é psicológico, e vai muito além de saber ou não lidar com perdas. E vamos combinar que existem muitas outras maneiras de aprender a lidar com perdas, que são saudáveis, não nocivas e profundas. Passam longe dessa superficialidade de beleza e concursos. E não sou EU quem diz o quanto essas coisas sao perigosas pras crianças, é a ciência. Se você não acredita em ciência, já é outro papo.
      4. Seu filho participa de concursos, suas sobrinhas e todo mundo que você conhece. Você acha lindo, suas amigas acham lindo. Suas crianças são adoráveis, todo mundo acha uma fofura, então não entendo seu comentário reclamando da minha posição no post. Você suas amigas e qualquer pessoa, cria o filho como bem entender, e eu crio minha filha como eu bem entender.
      5. Se crianças com dentes postiços, apliques, bronzeamento artificial, biquinis, cílios postiços e maquiagem exagerada, chorando de cansaço enquanto esperam sua vez pra desfilar na frente de juízes pra receberem troféu de beleza, não lhe parece um circo dos horrores, então a anormal da história deve ser eu mesma, que acho isso tudo um absurdo.

      Excluir
  2. Também sou contra esse tipo de coisa.As crianças aprendem a ser extremamente competitivas e escravas de padrões de belezas absurdos desde cedo.Acho muita crueldade.Uma amiga minha participou durante anos de comerciais e concursos de beleza.No início ela adorava, depois se tornou absurdamente desgastante.A mãe percebeu que aquilo não estava fazendo bem nenhum para ela e a deixou levar a vida de uma criança normal.Desde então, ela passou a ser uma criança muito mais feliz.Acho que já recebemos tantas pressões injustas da sociedade ao longo de nossos vidas, que não precisamos de pressões tão fúteis e desnecessárias como
    essa durante a nossa infância.
    Luca

    ResponderExcluir
  3. sou totalmente contra ja participei eu adoravaaaa mas nunca deixei que me maquiassem dessa maneira achei ridiculooo como uma mae he capaz de fazer isso com uma crinça dessas!!

    ResponderExcluir
  4. Eu acho que tudo o que é demais estraga, sou contra concurso infanti.
    Porém a diferença da menina da foto e passar batom de vez e quando e esmalte tem sim uma grande diferença, nada contra seu jeito de educar porém eu tenho na familiaduas crianças uma o pai proibe como vc a filha de passar esmalte, batom, sombra e tudo o mais, e a outra que podepassar esmalte e pode passar batom se for brilho e percebo que a que não pode é uma criança que simplesmente não sabe tomar suas proprias decisões, e ela é dois anos mais velha que aoutra, ela fica triste pro pai dela ela não diz nada mas para o resto da familia ela fica triste dizendo qie o pai não permite e vejo que isso acaba super dimensionando uma coisa que era pra ser simples e acaba tendo uma atenção na vifa daquela criança que talvez não deveria de ter se fosse tratada com naturalidade.
    Veja aqui não digo que um jeito é certo e o outro errado, quem sou eu pra dizer jeito certo de se criar filhos? Mas acho que tudo o que fizermos devemos tratar com naturalidade e sempre ouvir a opnião da criança, no seu caso sua filha aceitou de boa, porém no caso que conheço a criança "sofre" por não poder brincar!
    Já a vi cir no choro porque alguém beijou ela de batom e o pai dela estava chegando e ela estava com o batom na cara (mas ele não é estupido com ela e nem bate nela) isso tudo porque a criança tem o desejo e anseio de ser "aceita" pelos pais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida, obrigada pela sua opnião aqui no blog.
      Veja bem, eu não proíbo maquiagens aqui em casa. Eu uso uma vez ou outra, mas longe da vista da minha filha. Se ela aparece com a unha pintada porque a tia pintou eu comentou com todo o jeitinho que ela ainda é pequena pra isso, mas não vou de jeito nenhum gritar ou brigar com a criança por conta disso. Eu não compro, não ofereço e ela não tem vontade reprimida porque simplesmente não tem contato, quando vê um batom ela risca o chão com ele eehehehe
      Acho que é tudo uma questão de saber levar a situação de acordo com a sua maneira de criar seus filhos, mas sempre com muito carinho e amor, sem extremismo, isso é o que importa!
      Beijos

      Excluir
  5. 1-se as maes e as filhas gostam elas participam.
    2-VOCE nao manda em niguem entao fica quieta pois voce nao manda em ninguem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Letícia, ou você é burra ou...nem sei....
      1- não são as mães e as filhas que gostam. São as MÃES, péssimas mães, por sinal, que decidem e que gostam. Talvez por ter sido o sonho delas ter sido miss um dia e, pela frustração de não ter tido a oportunidade, projetam isso nas filhas. Ou, ainda, por terem sido e quererem dar continuidade na figura da filhas, já que elas já estão "passadas" pra isso.
      2- É claro que ninguém manda em ninguém. É uma tremenda idiotice da sua parte dizer isso. Aliás, quantos anos você tem? Pelo menos a sua idade mental não deve passar de 10 anos né?
      Finalizando, mães que fazem isso com as filhas deveriam perder a guarda das mesmas!
      Tá dito!

      Excluir
    2. Realmente não mando em ninguém querida, nem quero mandar!
      Cuido da minha filha e a instruo do jeito que eu quiser!!
      Quanto as demais filhas, as suas mães as criam como quiserem, mas este é meu blog e eu escrevo aqui a minha opinião! Se você não gostou, não precisa voltar aqui no blog pra ler o que não gosta, ok?! Sinta-se a vontade pra se retirar! Beijos

      Excluir
    3. O Letícia ridícula, vai lavar uma louça porque é o que te falta, você é demente por acaso sua insuportável? Nem vale a pena te responder tamanha a sua burrice.

      Excluir
  6. eu participo de concursos internacionais desde os 2 meses de idade e eu simplesmente adoro ali vc aprende a ganhar=r a perder e sim agente tem uma certa rivalidade umas com outras mais é pra ter é uma competição não tem amigas não vc ta la pra vencer e tem que dar o melhor de si minha mae é uma mae de concurso ela gosta e eu também e a jugam sem ao menos saber que na metade das vezes que quer participar sou eu eu dei o meu primeiro passo em cima de um palco eu ate hj participei de + de 300concursos e eu não vou parar e ótimo vc não cresce uma pessoa tímida e eu sou feliz TENHO 13 ANOS!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tomara que você tenha mesmo sorte nos concursos de beleza, porque no de português, está difícil... Que triste, nessa idade eu participava de concursos de redação, de ciências, de matemática, e ia muito bem. Não cogitava escrever mal desse jeito, isso sim faria minha mãe nervosa!

      Excluir
    2. Quer dizer que se você sentir vontade de fumar a tua mãe vai deixar também porque simplesmente você quer? Vai estudar menina, com 13 anos como nosso amigo(a) falou deveria estar participando de concursos de redação, ciências, etc. A beleza acaba cedo e se quando acabar você não tiver estudo, quem é que vai pagar sua comida, sua casa, seu carro? A mãe? E se ela não estiver mais entre vocês? Infelizmente a sua mãe tá viajando na maionese e iludida com esse mundo de aparência.

      Excluir
  7. E se continuar assim, não vai passar dos 13 anos mesmo. Pelo menos na idade mental.

    ResponderExcluir
  8. Pessoal, vamos esclarecer o seguinte!
    Este post está no meu blog, esta é a minha opinião! Não gosto de concursos, nnao acho saudável e nunca colocaria a minha filha em um.
    Mas se você é mãe e adora, ótimo! Vá ser feliz e faça o que você acha melhor.
    Eu sou mãe e estou aqui pra expressar a minha opinião, não pra mudar a opinião de ninguém. Então vamos ter educação e respeito com as escolhas alheias, por favor!

    ResponderExcluir
  9. achei a menina da foto uma DIVA, linda, maravilhosa! Com certeza vai crescer e ser uma menina/mulher cheia de atitudes, desenvolta, vai saber falar bem em publico, saber se colocar em todas as situações, pq é isso que acontece, nos concursos temos entrevistas e nos colocamos em várias outras situações onde temos que nos virar nos 30 pra sair por cima, e isso é bom, é ótimo não só pra vida nos concursos, mas também na vida pessoal, em uma entrevista de emprego, em uma pergunta surpresa na escola, faculdade, as crianças não deixam de ser crianças, depois que tiram a coroa, o vestido, a faixa, a maquiagem, os cílios, o mega hair e tudo que usam pra se transformar em uma pequena diva, uma pequena miss, elas correm pra rua brincar, e vivem normalmente. Claro que esse mundo é lindo, que as meninas se divertem afinal de contas, passam o dia com outras crianças com as mesmas vontades que elas, mas também tem sim, as crianças que choram, que tem as mãe que sonham mais que as filhas, e que influenciam as crianças a estarem lá. Mas isso acontece em tudo, desde quando a mãe escolhe a roupa que a criança vai usar, até depois que ela cresce e os pais decidem que os filhos vão estudar medicina ao invés de engenharia como ele gostaria. Isso acontece em tudo , mas é ofensivo dizer que toda essa produção que fazem é um circo de horrores, até pq, não vi nada de HORROROSO na foto da menina que tu usastes aqui! ;)

    ResponderExcluir
  10. Adoro concurso tanto é que participo, mas nao vejo nada de horroroso na foto. Adoro assistir esses concursos qe por sinal nao acontece aqui no brasil desta forma. Se prestar bem atenção nesse concurso vera que tem crianças que amam participar qe qeren ganhar mas nunca deixaram de ser criança. O concurso nao acontece todo dia a criança nao precisa usar make toda hora é apenas para subir no palco e mostrar o potencial que tem. Todos temos nossas opiniões mas so acho que nao deveria ser tao julgada sem ao menos conhecer tudo por tras de uma simples foto. Minha opinião, e respeito a opinião de todos. Pois ninguem pensa igual certo? Beijoos

    ResponderExcluir